Minhas tradições natalinas #2: Rabanadas

rabanadas

É sério, gente. Rabanadas.

Como falar de Natal e não falar de comida? Impossível. É praticamente um evento gastronômico. E mais associado ao Natal do que rabanadas é impossível, pois somente nessa época do ano que encontramos essa delícia disponível. Apesar de ser muito fácil fazer. Bem, eu acho, eu mesma nunca fiz.

Se por acaso eu tivesse de agradecer aos colonizadores portugueses por algo, certamente seria por introduzirem no Brasil o doce de pão de trigo molhado no leite, passado por ovos e depois frito e polvilhado com açúcar e canela.

Em outros países como o México e Espanha, as rabanadas estão associadas à quaresma, talvez se devendo à necessidade de aproveitar o pão produzido e pouco consumido nesse período.

Fonte: Wikipedia

Difícil saber em que momento da histórias as rabanadas foram consideradas como prato típico de natal, bem como sua verdadeira origem. Mas o que importa de fato é que ela existe e eu não vejo a hora de comê-las.

IMG_7033

Foto: Gazeta do Povo

Pra quem ainda não conhece a receita, segue abaixo o modus operandi da senhora minha mãe. Sem medidas exatas porque minha mãe é dessas que usam um punhado como unidade de medida.

  • Pão dormido
  • Ovos
  • Leite
  • Açúcar
  • Canela
  • Oléo

Modo de fazer (nas palavras da minha mãe ao telefone)

Cortar o pão não muito fino nem muito grosso

Molhar o pão no leite misturado com açúcar

Passar o pão molhado nos ovos batidos

Fritar

Escorrer o óleo do pão frito e polvilhar canela.

♥ Dica minha: deixar gelar de um dia para outro. Fica maraaaaaaaaa.

Me contem nos comentários se vocês gostam de rabanadas, como vocês preparam. Se tem alguma versão atual da iguaria que são adeptos. Ou mesmo outros pratos típicos de natal que vocês mais curtem.

Até breve.

Anúncios

7 comentários sobre “Minhas tradições natalinas #2: Rabanadas

  1. NOSSA EU AMO RABANADA
    mas tem muitos anos que não faço =/ é realmente muuuito fácil de fazer! aprendi a fazer na escola, na terceira série! hahaha e lembro que fiquei tooda animada e logo que cheguei em casa fui fazer com minha vó. Essa receita me lembra ela… =’/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s