Meus sites mais acessados

O tema de hoje do desafio não me empolgou tanto. Eu não tenho um site preferido. Tenho alguns que acesso com mais frequência e que estão arrolados na página Blogs que sigo.

Em todo caso, os sites que mais acompanho mesmo são das redes sociais, principalmente o Twitter. Passo bastante tempo nele.

O Facebook também costumo acessar com frequência mas bem menos do que há uns meses atrás. Quase não posto nada lá. O uso maior é para divulgação do blog.

Instagram e Pinterest são os queridinhos. Apesar da mudança de algoritmo no Insta, ainda gosto de rolar o feed e encontrar as fotos bacanas que o pessoal compartilha. E o Pinterest tem sido minha fonte de inspiração diária.

Fora as páginas das redes sociais, eu acesso também o site da Amazon e Submarino caçando tranqueirinhas.

Para acompanhar meus perfis sociais, é só clicar: Twitter | Facebook | Instagram

Este post faz parte do Desafio 52 semanas, semana 14. Clique aqui para ler os outros posts publicados para o projeto.

Anúncios

Vergonhas nossas de cada dia

vergonha

Que atire a primeira pedra quem nunca passou um vexame daqueles que fazem a gente desejar que um buraco de minhoca se abra sob nossos pés e nos engula.

Sobre esses momentos que conversaremos hoje.

Poucas coisas me deixam tão constrangida quanto usar o banheiro e logo depois de mim alguém entrar. É esquisito demais. Parece que a pessoa vai procurar rastros meus pelo recinto ao invés de usá-lo propriamente. Se é que me entendem…

Outra situação que me deixa com cara de cachorro usando o cone da vergonha é ouvir fofocas e boatos sobre alguém que eu conheço. Sabe quando você é a terceira pessoa num lugar e as duas primeiras conversam entre si falando mal de um conhecido seu? Então, eu fico sem-graça ao extremo nessas ocasiões.

Também fico pra morrer de vergonha (mais raiva do que vergonha) quando algum acompanhante meu destrata outra pessoa na minha frente. Sabe aquele ser que pra se mostrar faz grosseria com o garçom, com o atendente da loja, com um vendedor? Dependendo de quem seja eu repreendo na hora. Antes eu tolerava, agora não mais. E a possibilidade da amizade acabar ali é bem grande.

Quer ver outra coisa que racha minha cara? É sair com roupa pelo avesso. Sou mestra em sair assim e só perceber depois de já estar de volta em casa. Aí fica aquela vergonha tardia, sabem como é?

E por último, mas não menos constrangedor, aquele momento em que o cartão de crédito NÃO PASSA!!!!

Plus: a foto que ilustra este post.

Este post faz parte do Desafio 52 semanas, semana 13. Clique aqui para ler os outros posts publicados para o projeto.