Minha Restrospectiva 2015

IMG_6906

Falta pouco menos de um mês para acabar ano. E nessa época a gente sempre faz um retrospecto da nossa vida, dos acontecimentos no Brasil e no mundo. E não é pouca coisa que acontece, não.

São vários eventos, festivais, shows, passeios…. Enfim, memórias que nos seguirão pela eternidade. Diante disso, vim aqui fazer uma lista com as coisas mais bacanas que aconteceram comigo durante o ano de 2015.

Pra ajudar na cronologia, publicações nas redes sociais e o Google Fotos.

JANEIRO

Ganhei mais uma sobrinha-neta: Isabela, filha da minha sobrinha Fernanda. Belinha nasceu com a cara de joelho mais linda que já vi na vida.

MARÇO

Fui ao show da banda preferida do meu marido, durante a adolescência. Tem post do Sonata Arctica aqui no blog. Por um acaso, eles se tornaram a minha banda mais ouvida de 2015.

ABRIL

Eu fiz 30 anos! Uau! Teve comemoração aqui em casa. Bem simples, só família e amigos próximos. O que já foi suficiente pra encher minha sala. Foi um dia muito alegre. Havia tempo que não me sentia tão feliz na data do meu aniversario.

JUNHO

O evento mais esperado do ano: o show dos Backstreet Boys em Belo Horizonte. Mais nostálgico impossível. Fui acompanhada de uma amiga da escola e do marido.  Esse show ainda virará post aqui no blog. Faz tempo que estou prometendo isso, né?

AGOSTO

Nasceu meu sobrinho Isaque. A criança já tem 4 meses e eu ainda não o conheci. #shameonme

Em agosto eu reencontrei algumas amigas da época de escola. Nos falávamos pelo Facebook mas não nos víamos há muitos anos. A ocasião: casamento da Daniele, a amiga que me acompanhou ao show dos BSB.

OUTUBRO

Dois casamentos de pessoas muito queridas. A amiga Cyntia casou com o Harlem e mais uma vez me reuni com as amigas da escola.

E minha sobrinha Marcelle se casou. Fomos padrinhos e a saga atrás do vestido ideal foi épica. Nada fácil conseguir um vestido de madrinha bacana, quando se está muito acima do peso.

NOVEMBRO

Mia Couto, um dos autores africanos mais queridos daqui de casa, veio ao Brasil lançar seu livro novo. Rolou autógrafo no meu livro favorito e foto com o autor. Que dia feliz!

A Dudinha fez 1 aninho e nosso grupo de amigas estava lá prestigiando a neném e os papais queridos.

Dezembro de 2015 é um mês especial. Muitas coisas aconteceram e ainda acontecerão pela primeira vez. Entre elas, tirar férias junto com o marido. E claro, compartilharei por aqui com vocês, mas em posts especiais dedicados exclusivamente a esses momentos.

Até breve.

ligabc

Anúncios

[Música] Sonata Arctica pra animar sua tarde

Dessa vez compartilharei com vocês uma banda que conheci esse ano e gostei demais do som dos caras. Trata-se da banda finlandesa de power metal, Sonata Arctica.

sonata arctica

Eu conheci a banda no início desse ano, quando eles anunciaram turnê pelo Brasil, passando pelo Rio de Janeiro. Meu marido é fã dos caras desde a adolescência e comprou meu ingresso para ir ao show junto com ele. Detalhe que eu não tive muita escolha. Tive que ir e ponto. Mas teve volta e ele me acompanhou ao show de uma das minhas bandas favoritas da adolescência também. Esse assunto fica pra outro post. rs

A partir daí me dediquei a ouvir algumas músicas da banda pra não chegar na hora do show e ficar com cara de paisagem. Logo de cara, a música que mais me chamou atenção foi Fulmoon.

She should not lock the open door
(Run away, run away, run away)
Fullmoon is on the sky and he’s not a man anymore
Sees the change in him but can’t
(Run away, run away, run away)
See what became out of her man
Fullmoon

Letter to Dana é outra que eu ouço em looping. Aliás, tenho uma coisa com qualquer música que comece com “Carta para…”

Dana, my dana, I’m writting to you
I heard you passed away, it was a beautiful day
I’m old and a feel time will come for me

Outras músicas da banda que eu curto demais são Replica e 8th Commandment

Nothing’s what it seems to be
I’m a replica, I’m a replica
Empty shell inside of me
I’m not myself; I’m a replica of me

Stay for a while, stay forever. Sing for the times you are
bound to betray. Run for the life, run forever, your eyes
tell a lie and the liar must always die

O show do Sonata Arctica no Circo Voador foi incrível, uma energia muito boa e conexão com público muito bacana. A casa não estava lotada, foi num dia de semana. Tinha uma galera bem novinha acompanhada dos pais igualmente fãs e muita gente que saiu do trabalho e foi direto pra lá.

Eu fiquei de cara com o tanto que o vocalista Tony Kakko canta. Incrível. Recomendo muito que vocês ouçam. Não é o estilo musical mais popular mas vale o click. Deixem aí rolando enquanto vocês executam outras atividades no computador. E depois me contem o que acharam.

🙂

PS: clique na letra da música pra conferir a tradução, caso deseje.