Por onde andei enquanto você me procurava… em abril

Abril sempre foi meu mês favorito. É o mes do meu aniversário e eu adoro comemorar durante os 30 dias.

Esse ano ele foi bem atípico. Minha pretensão era fazer um BEDA, cheguei a listar mais de 30 sugestões de temas, além do desafio semanal que iniciei em janeiro. Mas a rainha da minha vida, mais conhecida como minha mãe, se adoentou e foi internada. Automaticamente as prioridades mudaram. O que eu queria era garantir que ela recebesse o melhor tratamento, melhorasse logo e voltasse 100% pra casa.

Foram 10 dias que me levaram à exaustão. Só não foram piores pois ela estava internada onde trabalho. Ou talvez esse tenha sido o fator principal para meu alto nível de estresse.

De repente, resolveram transferir minha mãe pra outro hospital e lá fui eu me expor pra conseguir mante-la onde já estava. Ufa, consegui!

WhatsApp não me deu sossego, me mandavam mensagem às 5h pedindo atualização do quadro clínico e foto da velhinha. Acreditem!

Me indispus com muita gente pra manter minha sanidade mental. Fora todos os gastos não esperados com taxi, restaurante…

Mas tudo isso passou e mãe foi pra minha casa. Estive com ela todos os dias durante a internação. Ora trabalhando ora como acompanhante. Morri de saudade quando ela foi pra casinha dela. Ficamos mais próximas, mais cúmplices…mãe

Abril acabou e ainda não consegui retomar minha rotina. Nesse período de internação derrapei na dieta e não caminhei nenhum dia.

Consegui descansar, cuidar do marido. Mas os outros hábitos ainda estão em ritmo lento.

O fim de semana do meu aniversário chegou e ele foi maravilhoso. Estourei o orçamento no shopping. Tudo bem. Em maio trabalharei um bocado a mais pra compensar. Meu marido e minhas sobrinhas organizaram uma festa surpresa que massageou intensamente meu coração. E o melhor de tudo, mãe em casa e saudável novamente.

parabéns

Diante de tudo isso, tornou-se impossível blogar em abril.

Mas compensarei em maio. Retribuirei todas as visitas e comentários deixados aqui durante esse hiato.

Obrigada a todos que permaneceram.

img_8730

 

Assim se faz um grupo no WhatsApp 

Eu e minhas sobrinhas Fernanda, Renata e Marcelle somos conhecidas como o grupo Vozes de Júbilo da família, apelidinho carinhosamente dado pelo meu irmão Marcos. Tudo porque, quando crianças, dançávamos É o tchan em casa e à noite cantávamos no grupo infantil da igreja.

Aí surgiu o tal do WhatsApp e criamos um grupo nosso, que se chama como? Isso mesmo, Vozes de Júbilo. Só que estendemos o grupo para os respectivos cônjuges e aos outros sobrinhos/primos. Maravilha.

Acontece que o restante da família se sentiu excluído e tratou logo de reivindicar o direito de participar de um grupo familiar no WhatsApp. Aparentemente nossa família era a única no mundo que não estava unida no aplicativo.

Renata foi lá e criou o grupo no primeiro dia de 2016. Mermãaaaaaaaao. Cadê sossego? Cadê silêncio? Nunca mais. São mais de 200 mensagens diárias e, de acordo com dados estatísticos fornecido pelo meu irmão, metade dessas mensagens é de KKKKKKKKKK. A gente só ri nesse grupo. Uma família feliz.

Até já fizemos o meme da diferentona no grupo. Aliás, ficou ótima nossa versão.

Já fomos à praia, nos autoconvidamos pra almoçar na casa do outro. Já até rolou desconvite pra almoço que nos convidaram sem autorização. Uma loucura.

Rola uns papos de “surdo-mudo” que ninguém entende nada. Eu fico igual o meme do John Travolta… Até o valor semântico  de aff vira pauta do dia. 

Fora as notificações minuto a minuto (ainda não tive coragem de silenciar o grupo, estou apegada) tá sendo incrível conversar com o povo todo. Alguns eu não tinha contato nenhum e agora nos falamos todos os dias, nem que seja um kkkkkk pra uma piadinha infame.

É claro que o Vozes de Júbilo continua firme, paralelamente ao Família Lima (bem original o nome). Afinal, nem tudo podemos comentar com gente que não é da nossa idade. 😛

Só falta minha mãe no grupo. A matriarca.

Qual o nome do grupo da família de vocês? Ou vai me dizer que são diferentões e não curtem grupo no WhatsApp?

img_7632

Coruja do Harry Potter